ANÁLISE DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DA SECAGEM DE PRODUTO ORGÂNICO

Resumo: No Laboratório de Operações Unitárias integrado ao Laboratório de Física, no CEUNES/UFES já foram realizados diversos trabalhos envolvendo dois diferentes processos de secagem (convectiva e solar) para diferentes produtos da região norte do estado do Espírito Santo. Estas pesquisas foram apresentadas em eventos como Semana de Ciência e Tecnologia do Estado do Espírito Santo, e também em conceituados congressos como Congresso Brasileiro de Engenharia Química (COBEQ), International Drying Symposium (IDS2010) na Alemanha e o International Congress on Engineering and Food (ICEF2011) na Grécia. O reconhecimento deste trabalho, através dos artigos submetidos e aprovados em diferentes congressos, vem motivando o grupo em avançar, especificamente, nos fundamentos de secagem, ampliando-se os estudos para diferentes formas de contato ou, até mesmo, futuramente, envolver mais de uma técnica de secagem. A participação da equipe nestes congressos permitiu interagir e trocar informações sobre as pesquisas atuais. Resultados significativos sobre o uso concomitante de duas técnicas diferentes de secagem vêm despontando interesse no cenário mundial com o objetivo de reduzir o tempo de exposição do material e, consequentemente, a quantidade de energia demandada.
Na prática sabemos que em qualquer processo de secagem, é necessário o fornecimento de calor suficiente para que a quantidade de água (umidade) presente na superfície e no interior do material evapore. Estudos mostram que para retirar a água presente em certos materiais é necessário entender os mecanismos envolvidos durante a transferência de calor e massa, contribuindo para a redução do tempo operacional e por sua vez para a diminuição do consumo energético. Busca-se, com a proposição deste trabalho, identificar os principais parâmetros envolvidos durante a secagem (obtenção das curvas de secagem) de um determinado produto orgânico exposto a um determinado tipo de secador, bem como analisar e obter as melhores condições operacionais.
Como principais contribuições científicas ou tecnológicas deste projeto, podem-se citar:
a) estabelecimento de quantificações de parâmetros operacionais sobre o desempenho de diferentes tipos de secadores;
b) estabelecimento de condições de secagem para um determinado produto estudado;
c) emprego do planejamento experimental e da superfície de resposta para analisar as variáveis empregadas e obter as melhores condições operacionais;
d) desenvolvimento e ajuste de modelos matemáticos mediante aplicação de uma técnica computacional

Data de início: 2011-05-04
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Paulo Sergio da Silva Porto
Pesquisador Eduardo Perini Muniz
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910