Estudo do mecanismo ultrassônico no tratamento de água adequado à nova realidade da Bacia do Rio Doce.

Resumo: O projeto consiste num processo de remoção de particulados da água contaminada pela aplicação indireta de ultrassom de baixa frequência, na faixa de 20 a 130 kHz no sistema líquido-sólido. Neste processo, aplica-se ultrassom a um compartimento principal contendo água e sólido e dentro do qual se insere um compartimento menor (imerso na água) contendo a água contaminada a ser tratada. Nesta configuração, não é a água contaminada, mas sim a água, que é colocada em contato direto com o dispositivo de ultrassom. Desta forma, a água contaminada recebe energia a partir do envoltório de água, e não diretamente do transdutor de US. Tal descrição de equipamento ou sistema, no qual ocorre o processo proposto, inspira-se nos testes realizados em laboratório com os equipamentos do tipo cup horn e banho ultrassônico, com os quais o desempenho do processo será evidenciado.

Data de início: 2016-01-19
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Luana Negris
Coordenador Maria de Fatima Pereira dos Santos
Pesquisador Maristela de Araujo Vicente
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910